Linha IF

Excelente desempenho de acionamento e alta eficiência energética

Os diversos modelos da Linha IF atendem uma grande variedade de aplicações de movimento através de opções de 1 a 30CV. Compactos e robustos possibilitam a redução dos espaços em painéis elétricos e ao mesmo tempo garantem reação veloz à mudança de carga. As entradas e saídas incoporadas juntamente com recurso de comunicação Modbus possibilitam a concepção de solução com ótimo custo-benefício.

Inversor de frequência: o que é e para que serve?

Em um mercado cada vez mais competitivo, a eficiência operacional e a redução de custos são fundamentais para o sucesso de qualquer empresa.

Nesse cenário, o inversor de frequência acaba surgindo como uma excelente solução tecnológica indispensável.

Afinal de contas, esse dispositivo, além de otimizar o consumo de energia, também é capaz de prolongar a vida útil dos equipamentos.

Por consequência, aumenta a produtividade e ainda reduz as despesas operacionais. Mas, como exatamente um inversor de frequência pode transformar a sua empresa? É sobre isso que iremos falar a seguir.

Os inversores de frequência desempenham um papel essencial na automação industrial, controlando a velocidade e o torque de motores elétricos.

Vamos falar sobre os princípios básicos de funcionamento e os componentes principais que compõem um inversor de frequência.

Princípios básicos de funcionamento

O inversor de frequência ajusta a velocidade de um motor elétrico, variando a frequência da corrente elétrica fornecida ao motor.
Isso permite um controle preciso da velocidade e do torque, melhorando a eficiência e a performance do motor.

Componentes principais

Os principais componentes de um inversor de frequência são os seguintes:

  • Retificador: Converte a corrente alternada (AC) em corrente contínua (DC).
  • Circuito intermediário: Armazena e filtra a corrente contínua.
  • Inversor: Converte a corrente contínua de volta em corrente alternada com a frequência e tensão desejadas.

Os inversores de frequência são amplamente utilizados em várias indústrias devido à sua versatilidade e eficiência.

Indústrias como manufatura, HVAC (aquecimento, ventilação e ar condicionado), e sistemas de bombeamento são grandes utilizadoras de inversores de frequência.

Esses dispositivos ajudam a otimizar processos, reduzir consumo de energia e melhorar a produtividade.

Na manufatura, os inversores de frequência controlam a velocidade de motores em linhas de produção, permitindo ajustes finos para diferentes etapas do processo.

No HVAC, eles regulam a velocidade dos ventiladores e compressores, economizando energia e melhorando o conforto ambiental.

Em sistemas de bombeamento, ajustam a velocidade das bombas para manter a pressão constante, reduzindo o desgaste dos equipamentos.

A adoção de inversores de frequência traz inúmeros benefícios para as empresas. Vamos falar sobre os principais benefícios e como eles impactam positivamente as operações.

Economia de energia e redução de custos operacionais

Os inversores de frequência ajustam a velocidade dos motores para corresponder à demanda real, evitando o desperdício de energia e reduzindo os custos operacionais. Isso resulta em uma operação mais sustentável e econômica.

Controle preciso da velocidade e torque do motor

Com inversores de frequência, é possível obter um controle preciso da velocidade e do torque dos motores, o que é fundamental para aplicações que requerem ajustes finos e consistentes. Isso melhora a qualidade dos produtos e a eficiência dos processos.

Aumento da vida útil dos equipamentos

Ao reduzir o desgaste mecânico e evitar picos de corrente, os inversores de frequência prolongam a vida útil dos motores e outros equipamentos conectados, diminuindo a necessidade de manutenção e substituições frequentes.

Os inversores de frequência variam em termos de tensão, fases e aplicações específicas. Vamos falar um pouco mais sobre os diferentes tipos de inversores disponíveis no mercado.

Inversores de baixa tensão vs. alta tensão

Inversores de baixa tensão são usados para motores de menor potência, geralmente abaixo de 600V, enquanto inversores de alta tensão são projetados para motores de alta potência, acima de 600V. A escolha entre eles depende da aplicação e dos requisitos do motor.

Inversores monofásicos vs. trifásicos

Inversores monofásicos são usados em aplicações domésticas ou comerciais leves, enquanto inversores trifásicos são usados em aplicações industriais e comerciais pesadas devido à sua capacidade de lidar com cargas maiores e fornecer um desempenho mais estável.

Inversores de propósito geral vs. específicos para aplicações

Inversores de propósito geral são versáteis e podem ser usados em várias aplicações, enquanto inversores específicos são projetados para aplicações particulares, como HVAC, bombas, ou sistemas de elevação, oferecendo funcionalidades otimizadas para essas tarefas.

A escolha do inversor de frequência correto é necessária para garantir o desempenho ideal do motor e a eficiência do sistema.

Mas, dentre os principais critérios para poder escolher o inversor de frequência adequado, podemos mencionar os seguintes:

Critérios de seleção

Os principais critérios para selecionar um inversor de frequência incluem a potência do motor, o tipo de carga (constante ou variável), e o ambiente de operação (temperatura, umidade, poeira). Também é importante considerar a compatibilidade com outros componentes do sistema.

Requisitos da aplicação

Cada aplicação tem requisitos únicos que devem ser considerados ao selecionar um inversor de frequência.

Compreender as necessidades específicas, como a faixa de velocidade, torque, e condições de operação, é essencial para fazer a escolha correta.

A manutenção adequada dos inversores de frequência é vital para garantir sua longevidade e desempenho.

Rotinas de manutenção preventiva

A manutenção preventiva envolve inspeções regulares, limpeza dos componentes, verificação das conexões elétricas e atualização de firmware.

Essas ações ajudam a prevenir falhas inesperadas e manter o inversor em condições ótimas de operação.

Diagnóstico e resolução de problemas comuns

Problemas comuns com inversores de frequência incluem superaquecimento, falhas de comunicação e erros de software.

Diagnosticar esses problemas envolve verificar os logs de erro, testar os componentes e atualizar o software do dispositivo.

Soluções podem incluir ajustes de configuração, substituição de componentes defeituosos e reprogramação do inversor.

Atualização de firmware e software

Manter o firmware e o software do inversor atualizados é fundamental para aproveitar as últimas melhorias de desempenho e segurança.

As atualizações podem corrigir bugs, melhorar a eficiência e adicionar novas funcionalidades, garantindo que o inversor opere de forma otimizada.

Recentemente, a introdução de componentes de potência de carbeto de silício (SiC) e nitreto de gálio (GaN) tem melhorado a eficiência e a capacidade de manuseio de alta potência dos inversores.

Além disso, avanços em controle vetorial e tecnologias de drives inteligentes estão permitindo um controle mais preciso e eficiente.

Tendências futuras incluem a integração de IoT (Internet das Coisas) para monitoramento e controle remotos, a adoção de inversores mais eficientes energeticamente para atender a regulamentações ambientais e o desenvolvimento de soluções específicas para mercados emergentes como a energia renovável e a mobilidade elétrica.

Os inversores de frequência são ferramentas poderosas que podem transformar as operações da sua empresa, proporcionando economia de energia, controle preciso de motores e aumento da vida útil dos equipamentos.

Ao escolher a Dakol para a automação da sua empresa, você está investindo em qualidade, inovação e suporte técnico especializado, garantindo que suas operações sejam mais eficientes e sustentáveis.

A Dakol se destaca na oferta de soluções personalizadas e de alta tecnologia, com um compromisso inabalável com a satisfação do cliente e a excelência em automação industrial. Escolha a Dakol e leve sua empresa para o próximo nível de eficiência e desempenho.

Funcionalidades

Comunicação entre os principais CLPs e IHMs de Mercado.

Opções de Controle Ideal para Cada Aplicação.

Controle por Botoeiras e Acionamentos Diversos.

Maior Precisão no Controle de Posicionamento.

Modelos

  • Múltipla velocidade
  • Potência: 1 a 30 CV
  • Tensão de entrada: 220V e 440V / 380V
  • Controle: escalar ou vetorial
  • Frequência máxima: 500hz
  • IHM: embutida e destacável
  • IHM remota opcional LED
  • Rede: Modbus 485
  • Controle PID
  • Chooper de frenagem embutido
  • Fanless: sem ventilação forçada
  • Entradas e saídas incorporadas
  • Entrada digital: 04
  • Saída digital/high-speed: 01
  • Entrada analógica: 01
  • Saída analógica: 01
MODELOCapacidade Nominal (KVA)Corrente Entrada (A)Corrente Saída (A)Carga Motor (KW)Carga Motor (HP)
MONOFÁSICO - 220V
IF0.7G-S2 1.5 8,2 4 0,75 1
IF1.5G-S231471,52
IF2.2G-S24239,62,23
TRIFÁSICO - 380/440V
IF0.7G-T41,53,42,10,751
IF1.5G-T4353,81,52
IF2.2G-T445,85,12,23
IF3.7G-T4610,593,75
IF5.5G-T41113,9135.57.5
IF7.5G-T41518,9177.510
IF11G/15P-T43027,8251115
IF15G/18.5P-T43737,9321520
IF18.5G/22P-T44446,73718.525
IF22G/30PG-T46055,6452230

Downloads

arquivo nome download
VFD-0.75-3.7K baixar
VFD 5.5-22K baixar
arquivo nome download
NT_IN_VOL0002_IF_Modo_Basico_110522 baixar
NT_IN_VOL0001_IF_Modo_de_Controle_060522 baixar
Nota técnica – Linha IF baixar

As especificações técnicas dos produtos aqui anunciados podem sofrer alterações sem aviso prévio. Para efeito de fornecimento dos equipamentos são válidas exclusivamente as especificações técnicas detalhadas nas propostas comerciais.