• pt-br
  • en

Novidades

SENSORES COM FIOS OU SEM FIOS?

Publicado em: 08/12/2020

Sensores Com Fios Ou Sem Fios

 

Os dados são elementos com valor agregado que posteriormente vão trazer vantagens na criação, monitoramento e gestão de processos produtivos.

 

Vivemos uma fase de crescimento devido à presença de tecnologias nos diversos setores da economia global. Diferentes indústrias e mercados evoluíram e se tornaram mais eficientes a partir de um aspecto que, hoje e certamente no futuro, desempenha um dos papéis mais importantes no progresso tecnológico … a informação.

O processo de coleta de dados brutos agora é assumido por sensores com características específicas para o ambiente no qual serão instalados. Dados são elementos de valor agregado que posteriormente trarão vantagens na criação, monitoramento e gestão dos processos produtivos. O mercado possui diferentes formatos e tipos de sensores, mas todos se enquadram em um destes níveis: com fio ou sem fio.

Antes de prosseguir para a escolha do tipo de tecnologia que você deseja, é importante analisar cuidadosamente qual delas se aplica melhor ao seu negócio: qual área desejo cobrir com o monitoramento? A infraestrutura permite uma instalação segura de uma solução com fio? Haverá alguma mudança na infraestrutura em um curto espaço de tempo? Se eu tiver que redesenhar os espaços de trabalho, terei problemas para substituir os sensores?

A questão fundamental é saber as especificações das instalações e o tipo de monitoramento a ser aplicado. Sensores com fio e sem fio têm suas vantagens e desvantagens, mas é essencial perceber que não haverá diferenças significativas entre essas duas categorias que anteriormente tornavam uma solução impraticável em relação à outra. Conhecer esses aspectos o ajudará a tomar uma decisão mais informada que ofereça o retorno financeiro desejável da otimização das instalações.

SENSORES COM FIOS

 

BENEFÍCIOS

  • Segurança: O nível de segurança oferecido por um sistema com fio é uma de suas maiores vantagens. A fiabilidade da ligação efetuada por cabos nas infraestruturas de redes locais, operando normalmente atrás de firewalls, switches e outras soluções tecnológicas, evita a existência de emissão de dados que podem ser indevidamente interceptados, recolhidos e adulterados;
  • Velocidade / Confiabilidade: Devido à natureza física do acesso exclusivo aos meios de comunicação, maturidade tecnológica e diversidade de protocolos, é esperada e possível maior velocidade e confiabilidade do que os sistemas sem fio devido à natureza tecnológica. Os sensores sem fio estão sujeitos a interferências tanto do ponto de vista infra estrutural (paredes, armários, etc.) quanto do ponto de vista ambiental (outros dispositivos eletrônicos). A transmissão de dados por fios garante maior velocidade e não está sujeita a tantas interferências quanto os sistemas sem fio;
  • Rentabilidade / Custo: Os custos das soluções com fio são ainda mais atraentes do que se você optar por aplicar um sistema sem fio. A vida operacional dessas soluções é relativamente longa, pois não requer fonte de alimentação externa, reduzindo efetivamente os tempos de manutenção necessários para esses sistemas.

 

DESVANTAGENS

  • Mobilidade: a parte física deste sistema é um dos maiores inconvenientes. A estrutura física imposta pelo uso do cabelo necessário às conexões, torna sua intrínseca falta de flexibilidade, fazendo mudanças e reestruturação um processo demorado;
  • Custos de instalação: os custos de instalação associados à aplicação de sensores cabeados estão relacionados com a dimensão da área a monitorizar, a quantidade de dispositivos necessários e, sobretudo, o acesso à rede interna e toda a cabeagem necessária;
  • Danos aos cabos: O uso de cabos aumenta o risco de eventos que podem desativar a conexão. A sua danificação ou desligamento pode ocorrer devido a vários fatores, sendo mais suscetível a erro humano ou porque ocorre trabalho nas suas proximidades. Na pior das hipóteses, será necessária a substituição do cabo de comunicação, impondo um aumento nos custos de manutenção;

 

SENSORES SEM FIOS

 

BENEFÍCIOS

  • Flexibilidade: A adaptação de um sistema wireless é mais eficiente principalmente devido à ausência de cabos. A simples instalação de dispositivos wireless acrescenta a essa tecnologia a mobilidade necessária para prevalecer sobre a possibilidade de uso de cabos;
  • Aprimoramentos de rede: embora alguns sensores ainda exijam configuração individual na rede, muitos já funcionam com sistemas plug & play que reconhecem a rede e se conectam automaticamente. A maioria dos dispositivos sem fio desenvolvidos recentemente inclui em suas especificações alguns recursos essenciais para a rede, como autocorreção, auto otimização e redundância de caminhos que garantem efetivamente a distribuição de informações;
  • Acessibilidade: os sistemas sem fio adquirem dados que podem ser acessados por vários dispositivos em diferentes locais, adicionando tecnologias adaptáveis a essas soluções. As plataformas IoT são os sistemas mais comuns para completar o uso de sensores sem fio;
  • Escala: Criar um sistema de monitoramento sem fio torna-se mais prático, independente da área em que seja aplicado. A fácil instalação dos dispositivos wireless facilita o processo de cobertura correta de toda a área. Conectar vários transmissores a um nó de conexão, como gateways e repetidores, permite expandir sua rede de forma simplificada;

 

DESVANTAGENS

  • Configuração: Resta uma desvantagem que pode levar o usuário a escolher outra opção. O processo de configuração do dispositivo depende de variáveis e especificações que requerem um conhecimento mais avançado do que o possuído pelo usuário;
  • Vida útil da bateria: o uso de baterias como fonte de alimentação primária para dispositivos sem fio estabelece um custo de manutenção obrigatório. Apesar dos avanços tecnológicos alcançados no desenvolvimento das baterias, sua duração estará sempre correlacionada às tecnologias de comunicação utilizadas pelos dispositivos e à frequência de transmissão estabelecida e adequada ao ambiente de instalação;
  • Velocidade / Interferência: Em condições normais, excluindo a dependência associada ao tipo de soluções sem fio utilizadas e aos protocolos de comunicação envolvidos, a velocidade de transmissão de dados em sistemas wireless é menor do que no sistema com fio para as próprias definições de tecnologia. No caso de sensores sem fio, essa velocidade pode mudar devido à interferência do sinal ou porque a distância entre os pontos de comunicação é um fator limitante. A comunicação ocorre por meio de um meio compartilhado (aéreo), onde a privacidade e a integridade das informações são uma preocupação constante;

 

CONCLUSÕES FINAIS

A escolha de utilização de um sistema sem fios tornará a monitorização um processo mais simples e evolutivo, com uma vertente tecnológica mais avançada, englobada no conceito IoT, que vem dar um novo destaque à informação recolhida pelos sensores. Assimilar o destaque que um monitoriamento contínuo tem no seu mercado e modelo de negócio continua a ser a base para a escolha de soluções de monitoramento com ou sem fios.

compartilhe: